quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Praga: Programe sua Viagem

Informações Gerais


Documentos exigidos para entrada em Praga: passaporte com validade mínima de seis meses. 
Idioma: Tcheco, mas o inglês é bastante difundido.
Moeda: R$ 1 equivale a 9,2 coroas tchecas.  
Fuso Horário: quatro horas a mais em relação a Brasília (o fuso chega a ser de cinco horas em meses de horário de verão europeu). 
Para ligar a cobrar para o Brasil: Não há o Brasil Direto, serviço de chamadas a cobrar da Embratel. Use um cartão telefônico. 
Embaixada brasileira em Praga: Rua Panská 5, 110 00, Praga 1. Tel.: (+420) 224-321-910. http://praga.itamaraty.gov.br

Quando Ir: 

Praga recebe 8,5 milhões de turistas por ano. Nos meses de maio e junho começa a alta estação, com tempo bom e diversos festivais. Julho e agosto é o período mais quente. Para evitar multidões, viaje em abril ou outubro, quando o clima ainda é bastante agradável. 

Como Chegar:

Não há voos diretos para Praga, mas a capital é de fácil acesso. Companhias que servem cidades na Europa e no Brasil utilizam o aeroporto internacional de Ruzyne (PRG) a 20 Km do centro de Praga. A British Airways (www.britishairways.com) opera voos a partir de US$ 2.149, com escala em Londres. Com a KLM (www.klm.com) o trecho sai a partir de US$ 2.430, com uma parada em Amsterdam. Já pela Air France (www.airfrance.com.br), o valor da passagem é a partir de US$ 2. 705, com escala em Paris. 

Onde Ficar:

Four Seasons. Essa luxuosa rede de hotel está presente também em Praga com vista paradisíaca para a Ponte Carlos, a igreja de São Nicolau e o mosteiro Stravoh. Há diversos tipos de suítes, porém a mais acessível é o Modern Room, com banheiro totalmente de mármore. A partir de 290 euros a noite. http://www.fourseasons.com

Monastery. Este hotel pertence ao monastério Stravoh e oferece quartos modernos e recém reformados. Além da ótima localização, os quartos estão equipados com frigobar, espaço para fazer chá e café e a internet é de graça. Diárias a partir de 120. http://www.hotelmonastery.cz

Hotel Residence Malá Strana. Localizado no bairro de Malá Strana, próximo ao rio Moldava, este hotel 3 estrelas é uma boa opção para famílias. Há suítes para até quatro pessoas. A localização também é ótima, a poucos minutos a pé do centro. Diárias a partir de 70 euros o casal. http://www.garzottohotels.cz

Hotel Neruda. Em uma casa gótica de 1348, este hotel foi reformado em estilo moderno e minimalista. Também no bairro de Mala Strana, há 42 quartos a disposição, além de SPA com sauna, restaurante, lobby envidraçado e um terraço para dias mais quentes. Diárias a partir de 80 euros. http://www.designhotelneruda.com

Hostel Elf. Clima jovem, hipster e sociável é o que os mochileiros encontrarão nesse hostel de quartos limpos e decorados com grafites multicoloridos. O espaço tem pequenos lounges com chás e cafés, além de um terraço com bar. No bairro de Zizkov & Karlín, está a uma distancia de 15 minutos andando até o centro histórico. http://www.hostelelf.com

Onde Comer 


Hanavsky Pavilon. Localizado no parque Letná Gardens, atrás do castelo, este misto de café e restaurante é uma excelente pedida para degustar as especiarias locais com uma bela vista do rio Moldava e suas inúmeras pontes. Se estiver friozinho, aproveite para experimentar a sopa típica da Boêmia de batata com cogumelos.  http://hanavsky-pavilon.cz

Medieval Tavern Brabant. Uma viagem gastronômica aos tempos medievais, esta taberna está decorada a caráter. Mesas de madeira, canecas grandes de cerveja, pouca luz e muitas velas. Além das iguarias, ainda há shows medievais. Vá de joelho de porco com mostarda (255 Ck) e não se assuste se a conta chegar em uma cestinha embaixo de uma caveira. http://www.krcmabrabant.cz/

Staroceska Krcma. Apesar de um pouco afastada, essa taverna é bastante aconchegante e você pode ver seus grelhados saírem direto da lareira para o prato. A decoração em madeira com lenhas por todo lado cai bem com dias frios. Ao lado, há um bar do mesmo dono para quem quiser esticar a noite. No cardápio, costelas de porco apimentadas e marinadas (165 CK).  http://www.staroceskakrcma.cz

Café Louvre. Praga é um caleidoscópio de cafés, mas este é um dos que vale a pena ser visitado. Aberto em 1902, o local era conhecido como o point dos intelectuais da cidade. Conta-se que Kafka e Einstein já tomaram seu cafézinho por aqui. Fechado em 1948 e reaberto em 1992, a casa oferece diversas opções de café da manhã, além de bolos e strudels. http://www.cafelouvre.cz

Kavárna Slavia. No centro histórico, este misto de café e restaurante oferece cozinha tcheca e internacional. No cardápio, carnes, peixes e saladas. As opções de panquecas como a de creme de queijo, morangos e sorvete também são de dar água na boca (114 CK). Além das guloseimas, a vista para a Ponte Carlos, o castelo e o teatro nacional é mais um atrativo de peso. http://www.cafeslavia.cz

Aromi. Para quem enjoou um pouco das especialidades tchecas, este é o melhor restaurante italiano da cidade no quesito serviço, comida e bebida. Entre as massas, risoto à carbonara (435 Kc) e nhoque com vegetais grelhados da estação (265 Kc). A carta de vinhos é extensa e ainda há grande variedade de coquetéis e aperitivos. http://www.aromi.cz




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...