terça-feira, 10 de abril de 2018

Jane Austen em Bath

Essa cidadezinha de pouco mais de 80 mil habitantes, a poucas horas de Londres, é um exemplo de arquitetura georgiana na Inglaterra e a única declarada como Patrimônio Cultural da Unesco, desde 1987. E a moradora mais proeminente por essas bandas foi ela mesmo – Jane Austen. A escritora que retratou a vida das mulheres no início do século 19, morreu sem ver nenhuma de suas obras publicadas com seu nome verdadeiro. Havia um certo preconceito à época contra escritoras do sexo feminino. Para colocar o problema de modo educado. 

Embora a romancista só tenha morado cinco anos na cidade (de 1801 a 1806), ela a visitava com certa frequência. Em Bath foi ambientado dois de seus romances – Persuasão e a Abadia de Northanger – , embora ela os tenha escrito no vilarejo de Chawton, em Hampshire. Vamos dizer que a moça precisava da tranquilidade interiorana para colocar as mãos na massa. Foi lá na vila que ela revisou Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito e a Abadia de Northanger. E ainda escreveu mais três obras: O Parque de Mansfield, Emma e Persuasão. Mas estamos aqui para falar da relação da autora com Bath. Fato é que o agito local (sim, à época Bath era considerada uma cidade grande, cheia de distrações) parece ter ocupado bastante a mente de Jane. 
Enquanto residia em Bath, Austen também recebera uma proposta de casamento e a recusara logo na manhã seguinte. Após uma boa noite de sono, a jovem mulher de 27 anos percebeu que não amava tanto o rapazola para seguir em frente com a ideia. O sujeito que tomou o pé na bunda, Harris Bigg Wither, era o irmão mais novo (21 aninhos) de suas três melhores amigas – Elizabeth, Catherine e Aletha Bigg. Jane estava hospedada na casa da grande família em Manydown Park, em Hampshire, quando o herdeiro pediu sua mão. Depois do impulsivo sim, a família a recebera muito bem, mesmo sabendo que ela não levaria um tostão ao casório. Mas, no dia seguinte, para o constrangimento geral, recusou a proposta e foi embora de fininho com sua irmã Cassandra. Sabe-se lá se ela teria se tornado a escritora que foi após filhos e casamento. 
Para descobrir essas e outras curiosidades da escritora e sua relação com a cidade, dê uma passadinha no Jane Austen Centre. Nem precisa contar que há diversos livros à venda ali, né?  Os pontos aqui no mapa mostram as breves passagens e as residências de Jane Austen em Bath. 






Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...